Página Inicial







Rep. Centro-Africana: Comunidade comboniana atacada e roubada
10 de Janeiro de 2019

Nove homens armados atacaram e roubaram uma comunidade comboniana em Bangui, a capital da República Centro-Africana (RCA).

 

No dia 5 de janeiro, três irmãs da comunidade Foyer, das Irmãs Missionárias Combonianas, terminavam suas orações no final da tarde quando foram dominadas, ameaçadas e feitas reféns por cerca de três horas.

 

“Os ladrões vasculharam tudo e levaram o que encontraram”, disse a Irmã Luigia Coccia, Superiora Geral, no relato divulgado pela Agência Fides. Em estado de choque, as irmãs abandonaram a missão por um momento e se refugiaram na casa provincial, sempre em Bangui.

 

Tem havido inúmeros ataques contra comunidades católicas, paróquias e campos de refugiados na RCA. Em muitos casos, casas são queimadas, igrejas vandalizadas e civis são brutalmente assassinados.

 

Em 2018, cinco sacerdotes foram assassinados neste país centro-africano. Em um dos últimos ataques, a 15 de novembro, ex-rebeldes Seleka da UPS (Unidade pour la Paix em Centrafrique) mataram 60 pessoas em um campo de refugiados em Alindao, no qual morreram 60 pessoas e entre as quais dois padres.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados