Página Inicial







Vaticano: Três mil pobres à mesa com o Papa
15 de Novembro de 2018

No domingo, 18 de novembro, celebra-se o «II Dia Mundial dos Pobres». Para assinalar a data, o Papa Francisco convidou cerca de 3.000 pobres para um almoço.

 

À imagem do que aconteceu em 2017, o Papa vai sentar-se à mesa com os pobres, um gesto que se vai repetir em refeitórios de muitas paróquias, universidades, organizações assistenciais e associações de voluntariado que aderiram à iniciativa.

 

«Este pobre clama e o Senhor o escuta» é o tema do II Dia Mundial dos Pobres, a fim de que não sejam indiferentes àqueles que invocam a nossa ajuda e a nossa solidariedade.

 

Na sua mensagem para este dia, o Santo Padre alerta para as “consequências sociais dramáticas” da pobreza.

 

“Quantos pobres há hoje à beira da estrada e procuram um significado para a sua condição! Quantos se interrogam acerca dos motivos por que chegaram ao fundo deste abismo e sobre o modo como sair dele! Esperam que alguém se aproxime deles, dizendo: «Coragem, levanta-te que Ele chama-te»”.

 

Francisco sublinha que a pobreza não é procurada, mas é “criada pelo egoísmo, pela soberba, pela avidez e pela injustiça”, convidando todos a todos: “Num Dia como este, somos chamados a fazer um sério exame de consciência para compreender se somos verdadeiramente capazes de escutar os pobres”.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados