Página Inicial







México: Reféns da violência e prisioneiros da precariedade
21 de Novembro de 2018

“Os acontecimentos insensatos do México contemporâneo não são naturais do ser humano, razão pela qual suscitam nas pessoas fraqueza da alma, fraqueza de espírito e declínio do ânimo. Daí a necessidade inevitável de trabalhar incansavelmente para uma elevação espiritual da humanidade, especialmente em tempos desprezíveis e calamitosos, como são hoje os da comunidade nacional", escreve o Padre Erasmo Bautista, missionário comboniano.

 

“O homem nasce para a solidariedade e quer viver, portanto, em deliciosa paz e companhia, fazer favores e buscar o bem comum, até mesmo aos desconhecidos. A vida social tem os seus fundamentos na beneficência e na concórdia”.

 

O texto completo, em espanhol, pode ser lido na página web comboni.org.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados