Página Inicial







Vaticano: Papa pede orações pelos mortos em ataque na RCA
19 de Novembro de 2018

“Recebi com tristeza a notícia do massacre perpetrado dois dias atrás num campo de deslocados na República Centro-Africana, no qual morreram também dois sacerdotes. A este povo tão querido para mim, onde abri a primeira Porta Santa do Ano da Misericórdia, expresso toda a minha proximidade e meu amor. Rezamos pelos mortos e feridos e para que cesse toda violência naquela amada nação que tanto precisa de paz”, disse o Papa ao final do ângelus do domingo, 18 de novembro.

 

Francisco se referia ao ataque contra a catedral de Alindao e um campo de refugiados na mesma cidade que deixou pelo menos 37 mortos, entre os quais dois sacerdotes.  A ação foi atribuída ao grupo armado União para a Paz na República Centro-Africana.

 

Entre as vítimas estão o vigário geral da diocese de Alindao, Mons. Blaise Mada e outro sacerdote, Don Celestino Ngoumbango.

 

Sodados portugueses que participam da missão de paz da ONU na República Centro-Africana estão na cidade de Bangui, a 300 quilómetros do local do ataque.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados