Página Inicial







Mundo: Ano das Línguas Indígenas celebrado pela primeira vez
29 de Janeiro de 2019

Ano Internacional das Línguas Indígenas celebrado pela primeira vez alerta para a necessidade de preservar as 7.000 línguas indígenas faladas em todo o mundo.

 

Na segunda-feira, 28 de janeiro, tiveram início as comemorações para assinalar o «Ano Internacional das Línguas Indígenas». A agência da ONU para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), é a entidade responsável pela promoção do tema.

 

“A importância das línguas locais não pode ser descurada. As línguas locais identificam as pessoas, identificam as suas práticas tradicionais, identificam a sua cultura e são um instrumento válido para o desenvolvimento”, disse o chefe de missão da Unesco na Tanzânia, Tirso Santos.

 

Com esta celebração, pretende-se chamar a atenção para a importância das línguas indígenas não só para quem as fala, mas também para a riqueza cultural global.

 

“O reconhecimento das línguas nacionais é também importante na construção da paz. Se as pessoas se sentem reconhecidas, se elas se encontram numa situação em que contribuem para a construção de uma sociedade mais pacífica”, explicou Tirso dos Santos.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados