Página Inicial







Sínodo: Dar esperança e encorajamento aos jovens
25 de Outubro de 2018

Foi apresentado na quarta-feira o projeto da “Carta do Sínodo aos jovens de todo o mundo”, elaborado a partir do Instrumentum Laboris, texto base de referência. O texto, ainda provisório, visa interpelar cada jovem, dando a ele esperança e encorajamento, com a certeza de que a Igreja caminha junto dele.

 

De acordo com o Relator Geral do Sínodo, cardeal Sérgio da Rocha, o Documento Final contemplará “uma visão da complexidade das questões levantadas e dos dinamismos em ato no caminho para enfrentá-los.

 

A estrutura fundamental do Instrumentum Laboris é conservada na subdivisão nas três partes “reconhecer, interpretar, selecionar”, todavia o documento reflete a estrutura da passagem dos discípulos de Emaús: “Caminhava com eles”, “seus olhos se abriram”, e por fim, “partiram sem demora”.

 

“O ponto de partida e o ponto de chegada é o povo de Deus”, recordou o cardeal Sérgio da Rocha, “na variedade de situações socioculturais e eclesiais” que os trabalhos fizeram emergir”. “O caminho sinodal de facto ainda não terminou, porque prevê uma fase de implementação”, acrescentou.

 

"Será importante que as Igrejas particulares e as Conferências Episcopais possam assumir de maneira criativa e fiel a dinâmica do Documento, a fim de adaptar ao seu contexto o que surgiu durante os trabalhos", explicou.

 

O Sínodo dos Bispos sobre os jovens encerra no domingo, 28 de outubro.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados