Página Inicial







Sudão do Sul: 15 mil crianças separadas das famílias
14 de Dezembro de 2018

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) alerta que após cinco anos de conflito no Sudão do Sul, há 15 mil crianças separadas de suas famílias ou desaparecidas. No mesmo período, o conflito gerou quatro milhões de deslocados.

 

Em nota, o Unicef informa que promoveu a reunificação de 6.000 crianças com suas famílias ou cuidadores.

 

“Toda reunificação é o resultado de meses e muitas vezes anos de trabalho para encontrar familiares desaparecidos em um país do tamanho da França, mas sem qualquer infraestrutura básica”, constata Leila Pakkala, diretora regional do Unicef na África Oriental e Austral.

 

De acordo com a responsável do Unicef, as crianças separadas e desacompanhadas são mais suscetíveis à violência, abusos e exploração, por isso a importância do reencontro familiar.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados