Página Inicial







Sudão do Sul: Papa pode visitar o país a 15 de outubro
24 de Maio de 2017

De acordo com o Arcebispo de Juba, Dom Paulino Lukudu Loro, a Igreja local trabalha para que a visita do Papa Francisco aconteça no dia 15 de outubro.

 

"Estamos a trabalhar para trazer a Juba, em 15 de outubro, o Santo Padre e o arcebispo de Canterbury [Cantuária], Justin Welby, primaz da Igreja anglicana (a maior confissão religiosa do país). Por estes dias emissários do Vaticano estarão no Sudão do Sul para iniciar os preparativos. Além dos encontros institucionais com o presidente e a oposição, existe a vontade de concelebrar uma missa num espaço público e organizar uma visita relâmpago ao campo de deslocados internos sob proteção da ONU em Juba", disse o sacerdote.

 

Ainda de acordo com as palavras de Dom Paulino, a situação humanitária no Sudão do Sul é dramática por causa do contexto político e da retomada dos confrontos em todo o país: “Há soldados por toda parte que, além de combater entre si, se degradam com condutas impróprias contra civis. A população está a fugir, não consegue mais trabalhar, faltam as coisas básicas para a sobrevivência a começar pela comida. Esperamos que a visita do Papa Francisco possa ser o elemento chave no processo de paz".



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados