Página Inicial







Lisboa: Patriarca diz que cada vida é um «dom de Deus»
22 de Dezembro de 2014

O patriarca de Lisboa disse no sábado, 20 de Dezembro, na Basílica dos Mártires que cada vida é um “dom de Deus” e uma “promessa de futuro de humanidade”, falando durante a homilia da Missa em que abençoou dezenas de grávidas.

 

“Acreditais que, se a vida é um dom de Deus, no fundo, no fundo, é Deus que a garantirá e é por isso que estais aqui”, disse D. Manuel Clemente aos pais que participavam na Eucaristia.

 

O patriarca dirigiu-se depois, em particular, às futuras mães, para afirmar que a sua gravidez é “uma promessa de futuro para toda a humanidade”.

 

“As coisas acontecem porque nós acreditamos. Não é ‘nós acreditamos porque as coisas acontecem’, não é assim”, prosseguiu.

 

D. Manuel Clemente sustentou que para Deus “tudo é possível” e disse que, tal como Maria foi mãe de Jesus, a Igreja é chamada a fazer com que “Cristo venha ao mundo, com palavras e obras”.

 

“Faça-se segundo a vontade de Deus. As coisas acontecem assim”, precisou.

 

O patriarca de Lisboa assinalou que no Natal se celebra mais do que o nascimento de um “grande homem”, porque Jesus “não é apenas isso”.

 

“Jesus é o Filho de Deus, por isso a sua conceção virginal acontece como aconteceu a criação da humanidade no princípio dos tempos, ou seja, por ação de Deus, porque em Jesus o mundo não é apenas melhorado ou continuado, é recriado”, observou.

 

A celebração decorreu no contexto da iniciativa ‘Presépio na Cidade’, a decorrer no Chiado, que esta tarde promoveu uma procissão, a ‘Via da Alegria’ e um Auto de Natal, evocando o nascimento de Jesus.

 

Fonte: Agência Ecclesia



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados