Página Inicial







Mundo: Ginecologista congolês vence prémio Sakharov
22 de Outubro de 2014

O ginecologista congolês Denis Mukwege é o vencedor do Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento 2014.

 

Em decisão unânime, o prémio atribuído pelo Parlamento Europeu será entregue a “um homem que é um líder na luta para a proteção das mulheres em África", disse o presidente do PE, Martin Schulz.

 

O médico Denis Mukwege, de 59 anos, fundou o hospital Panzi, em Bukavu, para assistir as mulheres que são submetidas à mutilação genital e vítimas de violação que, na República Democrática do Congo, é usada como arma de guerra e de intimidação.

 

O prémio, que tem um valor pecuniário de 50 mil euros, vai ser entregue no dia 26 de Novembro em Estrasburgo. No ano passado o Sakharov foi entregue à paquistanesa Malala Yousafzai — baleada por radicais por defender o direito das raparigas à educação —, que recebeu este mês o Nobel da Paz. O líder sul-africano Nelson Mandela e o dissidente soviético Anatoli Marchenko (a título póstumo) foram os primeiros galardoados, em 1988.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados