Página Inicial







Dia Mundial das Missões: Missão ad gentes continua urgente
14 de Outubro de 2014

Para o bispo Dom John Barwa, do Estado indiano de Orissa, os católicos indianos devem preparar-se para o Dia Mundial das Missões de acordo com a mensagem do Papa Francisco, a colocar a missão ad gentes como uma prioridade.

 

Não somente um convite a "renovar o compromisso do movimento missionário", mas também a "agradecer a Deus por serem membros de uma comunidade universal de fiéis".

 

O bispo observa que "ainda hoje um grande número de pessoas no mundo não conhece Jesus Cristo. A situação em Orissa não é diferente. Por este motivo, a missão ad gentes (além-fronteiras) continua a ser urgente. Todos os membros da Igreja são chamados a participar desta missão, porque a Igreja por natureza é missionária: nasceu 'para sair'".

 

"Infelizmente – acrescenta Dom Barwa –, em nosso mundo muitas vezes vemos os filhos de Deus sofrer devido a pobrezas, guerras ou falta de confiança entre nações, religiões e povos."

 

"É duro saber que, em 2014, vivemos numa terra onde cerca de dezasseis mil crianças morrem a cada dia vítimas de desnutrição, e onde quase mil milhões de pessoas vai dormir com fome todas as noites. Neste mês missionário devemos ter consciência destes sofrimentos que atingem o corpo de Cristo, e nos unirmos com todos os membros do povo de Deus em torno da Eucaristia."

 

O Dia Mundial das Missões é celebrado no domingo, 19 de Outubro.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados