Página Inicial







Lisboa: Relatório destaca perseguição aos cristãos no Médio Oriente
5 de Novembro de 2014

O Relatório da Fundação AIS sobre a Liberdade Religiosa no mundo foi apresentado ontem, 4 de Novembro, na Assembleia da República, em Lisboa, e destaca a perseguição aos cristãos no Médio Oriente.

 

“Venho de uma região ferida que luta entre países, religiões, seitas, grupos étnicos, na qual pessoas são assassinadas diante dos media”, disse o Arcebispo libanês D. Issam John Darwish.

 

O prelado recordou que nos últimos tempos “igrejas foram destruídas e padres e religiosas foram raptados”, numa onda de “fanatismo” que é consequência da chamada primavera Árabe.

 

O Relatório, que avalia o período compreendido entre Outubro de 2012 e Julho deste ano, conclui que, a nível global, nos 196 países do mundo, se “entrou numa fase de declínio grave” e que “os países muçulmanos são predominantes na lista dos Estados” em que se registam “as violações mais graves”.

 

Outra conclusão neste estudo, realizado de dois em dois anos, é que “a perseguição das minorias religiosas” e o aumento dos estados uniconfessionais está a provocar uma onda extremamente elevada de populações em fuga, o que tem contribuído para a “crise mundial de refugiados”.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados