Página Inicial







Vaticano: Papa convida presidente da China a visitar o Vaticano
17 de Setembro de 2014

Em carta entregue ao governo de Pequim, o Papa Francisco convida o presidente da China, Xi Jinping, a visitá-lo no Vaticano para que possam meditar sobre a paz mundial e compartilhar o seu sonho de visitar o território chinês.

 

“O Papa quer falar com o presidente da China. Então ele pegou em papel e caneta e escreveu uma carta. A carta não é apenas um gesto formal, mas também uma mão estendida (uma abertura para as relações entre Pequim e o Vaticano)”, refere o «Vatican Insider».

 

Mas esta não é a primeira carta do Papa para líder chinês. Durante uma entrevista para o jornal italiano «Corriere della Sera», em Março de 2014, o Santo Padre disse o seguinte: “Estamos perto da China. Enviei uma carta ao presidente XI Jinping quando ele foi eleito, três dias após a minha eleição como Papa. E ele me respondeu. As relações existem”.

 

Para Francisco, o continente asiático é uma prioridade e isso tem influenciado especialmente sua formação jesuíta. Desde jovem, tinha o desejo de ir em missão para o Japão, mas seus problemas pulmonares o impediram. Apenas um mês atrás, o Papa pisou pela primeira vez em terreno asiático durante a sua viagem apostólica a Coreia. Em janeiro de 2015, Francisco viajará até as Filipinas e ao Sri Lanka. O Papa sabe que, neste contexto geopolítico, a China é essencial.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados