Página Inicial







Mundo: Momento decisivo para o desenvolvimento sustentável
16 de Julho de 2015

O secretário-geral da ONU destacou que um resultado bem-sucedido na conferência da ONU sobre financiamento, em Adis-Abeba, na Etiópia, é vital para a futura agenda de desenvolvimento.

 

Para Ban Ki-moon, o êxito no encontro também pode moldar a cooperação internacional para os próximos anos. As negociações para um projeto de texto estão em seu estágio final.

 

Falando a jornalistas na 3ª Conferência Internacional sobre o Financiamento para o Desenvolvimento, o chefe da ONU disse que o encontro mostra o caminho a ser seguido, "com governos, organizações internacionais, instituições financeiras e comerciais, empresas e sociedade civil, todos trabalhando juntos para o desenvolvimento sustentável".

 

Ele afirmou que, juntos, os resultados em Adis-Abeba podem fornecer as bases de uma "parceria global revitalizada para o desenvolvimento sustentável, que não deixe ninguém para trás".

 

Ban fez um apelo aos negociadores: que tenham "este objetivo em mente enquanto terminam seu trabalho". Ele afirmou ainda "estar ansioso em trabalhar com todos os parceiros para aproveitar as oportunidades, nos próximos meses, de construir um mundo de prosperidade e dignidade para todos".

 

O projeto do documento final, que será conhecido como Agenda de Ação de Adis-Abeba quando adotado, apresentará um "quadro de financiamento ambicioso" que inclui compromissos políticos concretos em pelo menos seis áreas cruciais.

 

Entre eles, estão um novo pacto social para investimento de qualidade, um pacote para os países menos desenvolvidos, incluindo um compromisso para aumentar a assistência oficial ao desenvolvimento e um novo Mecanismo de Facilitação de Tecnologia.

 

O objetivo desse último é abrir novos caminhos para ajudar a facilitar o desenvolvimento, a transferência e a disseminação de tecnologias relevantes para os objetivos de desenvolvimento sustentável.

 

O texto também deixa claro que as ações de todos devem ser sustentadas por um forte compromisso de proteger e preservar o planeta.

 

Ban afirmou que um resultado bem-sucedido é fundamental para criar confiança e impulsionar a "adoção de uma agenda de desenvolvimento pós-2015 ambiciosa, em Nova Iorque, em setembro, e um acordo universal sobre mudança climática, em dezembro, em Paris".



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados