Página Inicial







Mediterrâneo: 2015 pode ser o ano com mais mortes de migrantes
29 de Abril de 2015

A Organização Internacional para Migrações (IOM, na sigla em inglês) disse que 2015 pode ser o ano mais mortífero de que se há registo para os migrantes no mar Mediterrâneo.

 

O “mais marcante é a taxa de mortes” durante o período em comparação com o ano passado, destacou o diretor regional da agência para o Mediterrâneo, Frederico Soda.

 

Em nota, a IOM indica que cerca de 1.780 migrantes perderam a vida em 2015, incluindo os migrantes mortos nas águas ao largo da Tunísia, da Grécia e da Líbia.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados