Página Inicial







Alemanha: Prémio alemão para médica de Moçambique
28 de Janeiro de 2016

É inédito que um médico moçambicano receba um prémio alemão pela excelência do trabalho desenvolvido no seu país. A moçambicana Noorjehan Magid é a excepção que confirma a regra.

 

A médica moçambicana, Noorjehan Magid, responsável clínica do programa DREAM de combate à SIDA da Comunidade Sant'Egídio em Moçambique, foi distinguida, na Alemanha, com o prémio Klaus-Hemmerle 2016 da organização cristã Movimento Fokolar. O júri que lhe atribuiu a distinção realça que pretende honrá-la pelo trabalho desenvolvido na luta contra a SIDA, mas também pelo empenho desta médica muçulmana em desenvolver um trabalho conjunto com cristãos e seguidores de outras crenças no seu país.

 

As informações são da Deutsche Welle (DW), agência de comunicação alemã, que também publicou uma entrevista com a Dra. Noorjehan Magid.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados