Página Inicial







Iémen: Salesianos confiam na libertação de sacerdote
10 de Março de 2016

O padre Francesco Cereda, vigário do reitor-mor dos Salesianos, disse que existe muita confiança “para a libertação do Pe. Tom Uzhunnalil”, sequestrado na última sexta-feira depois do ataque ao convento das Missionárias da Caridade em Áden (Iémen), durante o qual assassinaram 16 pessoas (entre as quais, quatro religiosas).

 

Pe. Cereda indicou que “é difícil compreender por que levaram o Pe. Tom como prisioneiro. Isto pode ser considerado como resquícios de esperança em meio de uma situação particularmente sombria, pois, se quisessem matá-lo, poderiam ter feito junto com os outros 16”.

 

O sacerdote também disse que o governo central da Índia, através do Ministério das Relações Exteriores, está a investigar o caso; e que as autoridades do Estado de Kerala, onde nasceu o sacerdote, além da Conferência Episcopal, estão a seguir a situação.

 

Acreditamos que todos estes esforços não serão em vão. Entretanto, na sociedade tão fragmentada do Iémen, as negociações serão complicadas e não podemos prognosticar quando conseguiremos a libertação do Pe. Tom”.

 

“Estamos a oferecer orações pela sua libertação em todos os lugares salesianos do mundo”, disse ainda Pe. Cereda.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados