Página Inicial







Estados Unidos: Bispo defende medidas para limitar a difusão de armas
8 de Janeiro de 2016

Dom Kevin Joseph Farrell, Bispo da diocese de Dallas (Texas, USA), dá “Graças a Deus” pela coragem de Obama em determinar medidas que possam travar as mortes por armas de fogo.

 

“Graças a Deus, alguém teve a coragem de retificar as nossas vergonhosas leis sobre o controle de armas para reduzir o número de massacres, suicídios e homicídios que se tornaram uma chaga em nosso país”, escreveu o bispo em seu blogue.

 

O bispo qualificou a proposta do presidente Barack Obama como "moderada" e interpretou a reação veemente do Congresso à luz do facto que este se “vendeu despudoradamente à lobby (pressão) das armas”.

 

Uma das medidas consideradas prioritárias é a de alargar o registo dos vendedores, de forma a impedir o que hoje acontece com comerciantes de armas não licenciados, cujas vendas em feiras, ambientes informais ou online contornam a obrigatoriedade de verificação dos antecedentes dos compradores. São também consideradas ações determinantes a melhoria do sistema de controlo e registo de armas perdidas ou roubadas e o reforço das inspeções aos vendedores autorizados.

 

“A ação do presidente é um passo pequeno, mas importante para controlar a venda de armas. Estes vendedores 'particulares' contornam a obrigatoriedade de verificação dos antecedentes dos compradores e servem justamente aqueles que procuram evitar verificações de antecedentes por qualquer motivo”, refere Dom Farrell.

 

Em seu pronunciamento, Dom Farrell lamenta que o Texas tenha adotado uma lei que permite o porte de armas de fogo de forma aberta e reiterou que, no que depender da sua diocese, continuará a ser proibido entrar armado e mostrar armas em locais administrados pela diocese.

 

"Esta decisão”, escreveu o Bispo Farrell “se baseia na convicção de que nossas igrejas, escolas e outros locais de culto se destinam a ser santuários – lugares sacros em que as pessoas vão para rezar e participar das celebrações da Igreja”.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados