Página Inicial







Síria: Ao menos 17 locais de culto cristão destruídos
15 de Dezembro de 2015

Nos últimos tempos, são pelo menos 17 as Igrejas e santuários cristãos destruídos, profanados ou ocupados por grupos jihadistas. A lista – que não tem a pretensão de ser completa – foi divulgada por fontes ligadas às comunidades cristãs locais como a Assyrian International News Agency. Em particular, foram documentadas com precisão as devastações realizadas pelos militantes do Estado Islâmico contra os lugares de culto cristão dos povoados de maioria assíria do Vale de Khabour, atacados em fevereiro passado.

 

Somente no Vale de Khabour, são 11 as igrejas e santuários destruídos. A violência jihadista contra lugares de culto destruiu até mesmo locais que custodiavam a memória comum de diversas comunidades cristãs locais, como ocorreu em Deir el-Zor, com a igreja memorial dos mártires do genocídio armênio, destruída pelo Daesh em setembro de 2014. Em outras situações, os jihadistas atentaram contras as relíquias dos santos preservadas nas igrejas, como ocorreu em agosto passado no Mosteiro de Mar Elian.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados