Página Inicial







Nigéria: Deslocados ocupam estados do centro e norte do país
22 de Dezembro de 2015

Deslocados ocupam dez estados do centro e norte da Nigéria, onde ataques recorrentes contribuem para a movimentação contínua de mais de 2,6 milhões de pessoas, que incluem 2,2 milhões de deslocados internos.

 

O Escritório da ONU para Assistência Humanitária (Ocha) destaca que 91 por cento dos deslocados do país vivem no nordeste. Nove em cada dez pessoas identificam o conflito como a principal razão para a sua movimentação.

 

A estimativa é que mais de 165 mil pessoas tenham fugido para os países vizinhos. As milícias Boko Haram atuam há seis anos e as suas ações são mais intensas nos estados nordestinos de Adamawa, Borno e Yobe.

 

O Ocha cita uma avaliação local que indica que cerca de 15,1 milhões de nigerianos vão enfrentar insegurança alimentar em oito estados do norte até ao fim do ano. Destes, aproximadamente 55 por cento estarão nos três estados mais afetados pelo conflito, o equivalente a 8,3 milhões de pessoas.

 

No total, estas áreas devem ter três em cada quatro pessoas a precisar de assistência alimentar urgente.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados