Página Inicial







Mundo: Recorde de pessoas deslocadas em 2015
18 de Dezembro de 2015

Relatório do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) divulgado hoje, 18 de dezembro, indica que o deslocamento global provocado por guerras, conflitos e perseguições deverá atingir um nível recorde em 2015.

 

Depois de em 2014 o número de deslocados (internos e externos) ter sido fixado em 59,5 milhões de pessoas, a nova edição do relatório Tendências Globais (ou Global Trends) aponta que este número será “muito superior” a 60 milhões em 2015.

 

“O ano de 2015 será, sem dúvida, o palco de uma alta sem precedentes em matéria de deslocamentos forçados no mundo”, escrevem os especialistas do ACNUR, a propósito dos dados do primeiro semestre, que são a base do relatório publicado hoje.

 

Segundo os peritos, “como o número de refugiados, de requerentes de asilo e de pessoas deslocadas continuou a crescer em 2015, é provável que seja muito superior” aos 60 milhões de pessoas.

 

No primeiro semestre de 2015, a guerra da Síria continuou a ser a maior causa geradora de refugiados no mundo, e a Turquia, com 1,84 milhão deles, é o país que mais acolhia em junho deste ano. Afeganistão e Somália são o segundo e o terceiro países do qual saem mais pessoas.

 

O número de refugiados no mundo também aumentou 45 por cento desde 2011.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados