Página Inicial







Vaticano: Consagrados devem estar próximos das pessoas
2 de Fevereiro de 2016

O Papa Francisco recebeu os participantes do Jubileu da Vida Consagrada e exortou os religiosos a estarem próximos a cada homem e mulher:

 

“A vida consagrada deve conduzir à proximidade com as pessoas, proximidade física, espiritual, conhecer as pessoas”, recordando que “seguir Cristo significa carregar sobre si o ferido que encontramos ao longo da estrada, ir à procura da ovelha perdida, estar próximo às pessoas, partilhar as suas alegrias e dores, mostrar com o nosso amor o rosto paterno de Deus e o carinho materno da Igreja. Proximidade: qual é o primeiro próximo de um consagrado ou consagrada? O irmão ou irmã da comunidade. Este é o seu primeiro próximo. É uma proximidade bonita, boa e com carinho.”

 

O Santo Padre também alertou para o “terrorismo dos mexericos”, uma maneira de distanciar os irmãos e irmãs da comunidade: “Quem diz mexericos é um terrorista dentro da própria comunidade, porque lança a palavra como uma bomba contra este e contra aquele. Isso não é proximidade, mas fazer guerra. É provocar distâncias, anarquia na comunidade. Se no Ano da Misericórdia vocês não se comportarem como um terrorista mexeriqueiro ou mexeriqueira, será um sucesso para a Igreja, um sucesso de santidade grande”.

 

O «Ano da Vida Consagrada», promovido pela Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, encerra nesta terça-feira, 2 de fevereiro de 2016.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados