Página Inicial







Síria: Violência diminui após cessar-fogo
14 de Setembro de 2016

As Nações Unidas informaram, por meio do seu enviado especial para a Síria, que "houve uma redução significativa da violência” desde o cessar-fogo declarado na segunda-feira, 12 de setembro.

 

Staffan de Mistura disse que apesar das alegações de ataques de morteiros e bombardeios, a situação melhorou nas últimas horas.

“A queda da violência pode ser sentida particularmente em Alepo, Hama, Latakia e Idlib", disse Mistura.

 

No caso de Alepo, "fontes na região disseram que a situação melhorou drasticamente, sem qualquer bombardeio".

 

Staffan de Mistura citou ainda que a capital, Damasco, e a área central do país também estiveram calmas durante este período, com alguma exceção em Harasta. No sul da Síria, foram registrados vários combates entre a rede terrorista Al Nusra e as forças do governo.

 

O observador da ONU disse que "outras violações do acordo de cessar-fogo são inevitáveis", mas ao mesmo tempo alertou para que não se permita que qualquer violência tenha "um efeito de bola de neve" sobre a situação.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados