Página Inicial







Europa: Associação de salvamentos no Mediterrâneo recebe prémio europeu
21 de Outubro de 2016

A associação SOS Mediterrâneo recebeu o Prémio Cidadão Europeu 2016. O Parlamento Europeu oferece este prémio para projetos e iniciativas que “facilitem a cooperação transacional e promovem valores comuns na União Europeia”.

 

A SOS Mediterrâneo foi criada por um grupo de cidadão europeus com o objetivo de resgatar pessoas em perigo no Mar Mediterrâneo, compensando, assim, a falta de políticas adequadas a nível europeu. O projeto tem 98% do seu financiamento nas doações privadas.

 

"Ao aceitar o prêmio, esperamos chamar a atenção para as tragédias que acontecem todos os dias nas nossas fronteiras. Muitas pessoas ainda morrem todos os dias no Mediterrâneo", disse o capitão Klaus Vogel, co-fundador da SOS Mediterrâneo.

 

Entre os dias 1 e 2 de outubro de 2016, o Aquarius, navio fretado pela associação, realizou sua maior operação de resgate: 722 pessoas amontoadas em um barco de madeira foram resgatados de afogamento pela equipa do SOS Mediterrâneo.

 

No total, mais de 7.000 pessoas já foram resgatadas pelo navio da associação desde o início de suas operações em fevereiro de 2016. Apesar disso, desde o início de 2016, mais de 3.600 pessoas se afogaram no Mediterrâneo.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados