Página Inicial







Mundo: Haiti é o país com mais mortos por catástrofes naturais
13 de Outubro de 2016

O desastre mais mortal dos últimos 20 anos foi o terremoto de janeiro de 2010 no Haiti, que matou mais de 220 mil pessoas. Em segundo lugar, o terremoto e tsunami na Indonésia, em dezembro de 2004, que causou mais de 165 mil mortos.

 

O ciclone tropical Nargis, que atingiu o Mianmar em maio de 2008, foi a terceira catástrofe natural com mais mortos nos últimos 20 anos: mais de 138 mil.

 

Pelo menos 1,35 milhão de pessoas morreram em catástrofes naturais entre 1996 e 2015, diz o estudo das Nações Unidas, publicado esta quinta-feira, 13 de outubro, por ocasião do Dia Internacional para a Prevenção de Catástrofes.

 

O documento também revela que nos últimos 20 anos, 90 por cento dos óbitos em catástrofes naturais foram registradas em países pobres ou de renda média.

 

Os vínculos entre pobreza e catástrofes naturais são "muito claros" no caso do Haiti, explicou o representante especial da ONU para a Redução dos Riscos de Catástrofe, Robert Glasser, em entrevista coletiva.

 

O estudo demonstra ainda que terremotos e tsunamis são os "maiores homicidas", seguidos de perto pelos desastres ligados ao clima.

 

"Os países de renda alta registram enormes perdas econômicas com as catástrofes naturais, mas, nos países com baixa renda, as pessoas pagam com a vida", destacou o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

 

No topo da lista de países com maior número de mortes ligadas a catástrofes naturais nos últimos 20 anos temos:

1. Haiti - 229.699 mortos

2. Indonésia - 182.136 mortos

3. Mianmar - 139.515 mortos

 

Na sequência, aparecem China, Índia, Paquistão, Rússia, Sri Lanka, Irã e Venezuela.

Na relação dos 20 países mais afetados também aparecem países ricos como França, Itália, Espanha e Japão.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados