Página Inicial







Portugal: Cáritas apresenta relatório sobre impacto da crise
22 de Abril de 2015

Pelo terceiro ano consecutivo a Cáritas Europa, apresenta o seu relatório de acompanhamento da crise, este ano, com o título: “O aumento da pobreza e das desigualdades - Modelos sociais justos são necessários para a solução”. Trata-se de um documento que analisa e monitoriza, de forma particular, a situação dos principais países afetados pela crise: Chipre, Grécia, Irlanda, Itália, Portugal, Roménia, e Espanha.

 

O relatório reúne contributos de cada um destes países e é resultado do trabalho no terreno desenvolvido pelas Cáritas locais. O documento revela factos que sugerem que, seis anos após o início da crise em 2008, são ainda evidentes as marcas deixadas nas populações e nas economias da UE.

 

Para além de enormes níveis da dívida com pouco crescimento económico, o número de pessoas desempregadas é ainda muito elevado e há milhões de pessoas a viverem na pobreza ou em risco de pobreza.

 

Depois da apresentação oficial, em Roma, no início do mês de fevereiro, o relatório é agora apresentado em Portugal, neste dia 22 de abril, pelo secretário-geral da Cáritas Europa, Jorge Nuño Mayer.

 

“Neste sentido e porque queremos que este documento seja entendido como um instrumento de reflexão e de trabalho para todos os níveis de intervenção - política, social e económica – a Caritas Portuguesa promove um espaço de diálogo e debate em torno do Relatório da Crise.”

 

O debate será moderado pelo jornalista Luís Ferreira Lopes – Editor de Programas Especiais de Informação SIC (pivot do programa “Sucesso.pt”) e contará com a participação de diferentes personalidades, de diferentes quadrantes políticos e ideológicos. O objetivo da Cáritas Portuguesa, ao promover este encontro, é alertar para as consequências que ainda são evidentes e as que ainda vão surgir.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados