Página Inicial







Vaticano: Francisco deplora brutalidades no Níger
22 de Janeiro de 2015

No final da Audiência de quarta-feira, 21 de janeiro, o Papa denunciou as “brutalidades” cometidas no Níger, com um apelo:

 

“Gostaria de convidá-los a rezar juntos pelas vítimas das manifestações desses últimos dias no amado Níger. Foram cometidas brutalidades contra cristãos, crianças e igrejas. Invoquemos do Senhor o dom da reconciliação e a paz, para que jamais o sentimento religioso se torne ocasião de violência, de abuso e de destruição. Faço votos que se possa restabelecer o quanto antes um clima de respeito recíproco e de pacífica convivência pelo bem de todos.”

 

No sábado, na capital Niamey, milhares de pessoas participaram das manifestações contra as charges publicadas pela revista satírica francesa 'Charlie Hebdo'. Houve graves episódios de violência e igrejas e conventos foram saqueados e incendiados. Cinco pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados