Página Inicial







Mundo: Liberdade, Vida e o Legado dos Sobreviventes do Holocausto
27 de Janeiro de 2015

O mundo celebra, esta terça-feira, 27 de janeiro, o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, instituído em 2005 por uma resolução das Nações Unidas e adotado pela União Europeia, no mesmo ano.

 

A jornada recorda igualmente outros genocídios: Bósnia, Camboja e Ruanda. Neste dia, há exatamente 70 anos, as tropas do Exército Vermelho descobriram Auschwitz-Birkenau, na Polónia, o campo de concentração e extermínio da Alemanha nazista, onde elas libertaram milhares de prisioneiros exaustos. Aproximadamente 1,1 milhão de pessoas já haviam morrido, incluindo cerca de 1 milhão de judeus, bem como poloneses, ciganos, prisioneiros de guerra soviéticos e outros prisioneiros e deportados de toda a Europa.

 

Em Novembro de 2005, as Nações Unidas aprovaram uma resolução para marcar o dia 27 de Janeiro como o Dia Internacional de comemoração para homenagear as vítimas do Holocausto, e instou os Estados membros a desenvolver programas educacionais para transmitir a memória desta tragédia para as gerações futuras. Mais de 80 estados têm anotado oficialmente a data de 27 de Janeiro como o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, e Dia do Holocausto, e cerimónias de memória do Holocausto serão organizadas a níveis internacionais, nacionais, regionais e locais, inclusive em universidades e escolas.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados