Página Inicial







Mundo: Acabar as guerras do terrorismo e o terrorismo das guerras
27 de Janeiro de 2015

“Neste período tão dramático, apesar de tudo, devemos viver a paixão pela paz e ser testemunhas pacientes e incómodas de um sonho possível,” disse o novo presidente da Pax Christi, D. Giovanni Ricchiuti.

 

O discurso foi proferido no dia 24 de Janeiro, em Florença (Itália), na abertura do Conselho Nacional do movimento que tem como objectivo implementar a mensagem do Papa Francisco de 1 de Janeiro de 2015 “Não mais escravos, mas irmãos” contra as escravaturas modernas, as práticas da dependência e do descarte, a ferocidade das violências e do rearmamento.

 

A melhor maneira de lembrar a tragédia de Shoà (27 de Janeiro - Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto) é aquele de impedir os assassinatos e os massacres nas diversas partes do mundo, acabando com todas as formas de cumplicidade com as guerras do terrorismo e o terrorismo das guerras, colocando no centro de tudo a vida das pessoas, a dignidade humana e a liberdade conjugadas com a igualdade e a fraternidade.

 

Fonte: Comboni.org



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados