Página Inicial







Vaticano: Massacre no Quênia é 'ato de brutalidade insensata'
6 de Abril de 2015

Profundamente entristecido pela perda trágica de tantas vidas humanas, o Papa Francisco enviou uma mensagem – por meio da Secretaria de Estado – ao Cardeal John Njue, Presidente dos Bispos católicos do Quênia, na sequência do recente ataque à Universidade Garissa que deixou 148 mortos.

 

O Pontífice promete de suas orações e proximidade espiritual às famílias daqueles que perderam a vida e de todos os quenianos neste momento doloroso. Francisco encomenda as almas dos falecidos à misericórdia infinita de Deus Todo-poderoso e reza para que todos os choram por eles possam ser consolados.

 

Unido ao povo de boa vontade de todo o mundo, o Papa condena este ato de brutalidade insensata e reza pela conversão dos corações daqueles que cometeram este horrível massacre.

 

Francisco convida as autoridades a duplicarem os esforços de colaboração com todos os homens e mulheres do Quênia para que se ponha fim a esta violência e nasça a aurora de uma nova era de fraternidade, justiça e paz.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados