Página Inicial







Nigéria: Presidente prevê expulsar Boko Haram dentro de um mês
20 de Março de 2015

O presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, afirmou em entrevista transmitida nesta sexta-feira, 20 de março, que prevê desalojar, dentro de um mês, o grupo islâmico armado Boko Haram de todas as localidades que ocupa no nordeste da Nigéria.

 

"Estou muito optimista: não iremos precisar de mais de um mês para retomar os territórios que caíram nas mãos" (dos islamitas). O Boko Haram está a ficar enfraquecido dia após dia", declarou à BBC.

 

O presidente nigeriano, candidato à sua reeleição a 28 de Março, tem sido muito criticado por não conseguir expulsar o grupo islamita desde o início da insurreição, em 2009.

 

O exército nigeriano, fortemente criticado por não conseguir conter a insurreição islamita que causou mais de 13 mil mortos em seis anos, anunciou vitórias sem precedentes contra Boko Haram nas últimas semanas no nordeste do país.

 

Até agora, as tropas nigerianas são regularmente acusadas pelas populações locais de fuga com a chegada dos assaltantes, muitas vezes melhor armados.

 

A operação militar lançada em Fevereiro com o apoio dos vizinhos Tchad, Camarões e Níger, e com a ajuda de mercenários estrangeiros, permitiu, segundo o exército nigeriano, perseguir os islamitas em dois dos três Estados onde estavam presentes no nordeste, nomeadamente Yobe e Adamawa.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados