Página Inicial







Vaticano: Papa assinala violência na RDC e pede orações
21 de Fevereiro de 2017

O Papa Francisco lembrou no domingo, 19 de fevereiro, as tristes notícias de violência que continuam a chegar da República Democrática do Congo (RDC), especificamente da região do Kasai Central. O Santo Padre assegurou sua proximidade e oração e pediu aos fiéis que rezem pelas pessoas envolvidas nessa situação e por outras atingidas pela violência e a guerra em outras partes do mundo.

 

«Infelizmente, continuam a chegar notícias de confrontos violentos e brutais na região do Kasai Central, na República Democrática do Congo. Sinto uma dor forte pelas vítimas, especialmente por tantas crianças arrancadas às famílias e à escola para serem usadas como soldados. Esta é uma tragédia, as crianças-soldados. Asseguro a minha proximidade e a minha oração, também pelo pessoal religioso e humanitário que trabalha nesta região difícil; e renovo um apelo do coração à consciência e à responsabilidade das autoridades nacionais e da comunidade internacional para que se tomem decisões adequadas e imediatas para socorrer estes nossos irmãos e irmãs. Rezemos por eles e por todas as populações que noutras partes do continente africano e do mundo sofrem por causa da violência e da guerra.»



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados