Página Inicial







Reflexão: Natal és tu, quando…
22 de Dezembro de 2016

Natal és tu, quando…

 

No Natal costuma haver muito barulho… mas é necessário fazer silêncio para ouvir a voz do amor!

 

Natal és tu, quando te dispões, todos os dias, a nascer de novo deixando Deus entrar no teu coração!

 

O pinheiro de Natal és tu, quando com a tua força e coragem resistes aos ventos e dificuldades da vida!

 

A decoração de Natal és tu, quando as tuas virtudes são cores que enfeitam a tua vida!

 

A luz de Natal és tu, quando a tua vida de bondade, paciência, alegria e generosidade consegue ser luz que ilumina o caminho dos outros!

 

O anjo do Natal és tu, quando consegues entoar e cantar a mensagem de paz, justiça e amor para todo o mundo!

 

A estrela de Natal és tu, quando consegues guiar alguém até à alegria do encontro com Jesus!

 

Os Reis Magos és tu, quando consegues dar o melhor de ti mesmo a todos sem distinção!

 

A música de Natal és tu, quando vives em harmonia interior e espalhas harmonia à tua volta!

 

O presente de Natal és tu, quando consegues comportar-te como verdadeiro amigo e irmão ou irmã de qualquer outro ser humano!

 

O cartão de Natal és tu, quando a tua bondade está escrita no gesto de amor que ofereces ao outro!

 

“Votos de Feliz Natal” és tu, quando perdoas, restabelecendo de novo a paz e concórdia, mesmo a custo do teu próprio sacrifício!

 

A ceia de Natal és tu, quando sacias com o pão da esperança qualquer pessoa necessitada a teu lado!

 

A noite de Natal és tu, quando consciente, humilde e silenciosamente, recebes o Salvador do Mundo no teu ser.

 

Um muito Feliz Natal para ti e a todos e todas aqueles e aquelas que desejam e procuram assemelhar-se a este Natal!

 

Adaptado por P. Carlos Alberto Nunes, MCCJ, a partir das intervenções do Papa Francisco.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados