Página Inicial







Vaticano: Proteção, defesa e integração para as crianças migrantes
16 de Janeiro de 2017

O Papa Francisco pediu no domingo, 15 de janeiro, Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, a adoção de “todas as medidas possíveis para garantir proteção, defesa e integração para as crianças migrantes”.

 

A mensagem do Papa para esta ocasião foi dedicada ao tema “Migrantes de menor idade, vulneráveis e sem voz”, onde o Pontífice denuncia os perigos aos quais “estes pequenos estão expostos”.

 

“Saúdo especialmente os representantes de comunidades étnicas aqui presentes. Queridos amigos, desejo que possam viver com serenidade nas localidades que os acolhem, respeitando suas leis e tradições e, ao mesmo tempo, mantendo os valores de suas culturas originais. O encontro entre culturas diferentes é sempre um enriquecimento para todos!”, declarou o Papa.

 

Francisco fez também um agradecimento público ao Setor «Migrantes» da Diocese de Roma e a todos os que trabalham com os migrantes acolhendo-os e acompanhando-os em suas dificuldades.

 

Encorajando-os a prosseguirem esta obra, o Papa mencionou Santa Francisca Xavier Cabrini, morta 100 anos atrás, padroeira dos migrantes: “Esta religiosa, corajosa, dedicou sua vida a levar o amor de Cristo àqueles que estavam distantes de suas pátrias e famílias. Que seu testemunho nos ajude a cuidar do irmão estrangeiro, no qual Jesus está presente, e que muitas vezes sofre, é humilhado e repelido. Quantas vezes na Bíblia o Senhor nos pede para acolher os migrantes e os estrangeiros, recordando-nos que nós também somos estrangeiros".



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados