Página Inicial







Portugal: Não podemos descartar a figura do jornalista
12 de Janeiro de 2017

Em entrevista para a Rádio Vaticano, o padre Américo Aguiar, Presidente do Grupo Renascença Multimédia alertou que “não podemos descartar ou dispensar a figura do jornalista”.

 

A falar sobre o contexto dos desafios dos «media» em Portugal, o sacerdote oriundo do Porto, mostrou-se preocupado com o desemprego de jornalistas, “um problema grave para os próprios, como é óbvio, mas também para as empresas de comunicação e tem de ser obrigatoriamente para a sociedade portuguesa”.

 

Sobre as novas tecnologias nos «media» da igreja, o padre Américo Aguiar deixa disse que “a nossa presença só faz sentido se proporcionar o encontro com Cristo”, ou seja, temos de ser capazes de passar dessa relação digital para “o próximo, para os outros, para o olhar de coração a coração”.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados