Página Inicial







Mundo: Guterres acredita que "é possível prevenir e evitar conflitos"
12 de Janeiro de 2017

O secretário-geral da ONU, António, Guterres fez seu primeiro discurso no órgão desde que assumiu o cargo e salientou que "restaurando a confiança entre governos e seus cidadãos e entre Estados-membros, é possível prevenir e evitar conflitos".

 

Guterres declarou que a "guerra nunca é inevitável, é sempre uma questão de escolha: escolha de excluir, discriminar, marginalizar e recorrer à violência".

 

Segundo Guterres, a "paz também nunca é inevitável", sendo o "resultado de decisões difíceis, trabalho duro e acordos". Ele defendeu que a paz não deve ser "dada como certa" e deve ser nutrida em todos os países em todos os momentos.

 

O chefe da ONU declarou ainda que a prevenção não é apenas "uma prioridade, mas a prioridade" e defendeu que se a comunidade internacional cumprir com suas responsabilidades, "salvará vidas, reduzirá sofrimento e dará esperança a milhões".

 

Ele afirmou ainda que a "natureza interconectada" das crises atuais exige que a comunidade internacional junte suas ações para paz e segurança, desenvolvimento sustentável e direitos humanos, "não apenas em palavras, mas na prática".

 

Ao Conselho de Segurança, António Guterres repetiu a apelo feito há 10 dias em sua primeira mensagem como secretário-geral da ONU: fazer de 2017 um Ano para Paz.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados