Página Inicial







Rep. Centro-Africana: Violência resulta em 15 mortes
29 de Maio de 2014

Ao menos quinze pessoas morreram, incluindo um padre, e 30 ficaram feridas na quarta-feira, 28 de Maio, em um ataque contra uma igreja durante confrontos em um bairro do centro de Bangui onde vivem cristãos e muçulmanos, informou a polícia.

 

Os enfrentamentos começaram ao meio-dia, nas imediações da Igreja da Virgem de Fátima, onde milhares de pessoas estavam refugiadas, e continuavam durante a noite com a troca de tiros em diversos bairros, especialmente em Roy Babe e Fouh, controlados pelas milícias ditas cristãs.             

 

Segundo testemunhas, homens armados invadiram a Igreja da Virgem de Fátima, próxima ao bairro de maioria muçulmana de PK-5, e mataram várias pessoas.             

 

Após o ataque, cristãos e muçulmanos se enfrentaram nas imediações da Igreja, enquanto milhares de pessoas fugiam do bairro.             

 

Entre os mortos está o padre Paul Emile Nzale, 76 anos, disse o arcebispo Dieudonné Nzpalainga.             

 

A crise centro-africana, que já deixou milhares de refugiados, se tornou um conflito intercomunitário envolvendo os ex-rebeldes Seleka, de maioria muçulmana, e os milicianos antibalaka, maioritariamente cristãos.

 

Em Bangui, a violência levou à fuga de milhares de muçulmanos nos últimos dias "diante do patente aumento da tensão", disse uma fonte ligada às forças francesas.             

 

A França tem cerca de 2 mil soldados estacionados no país, sendo 700 em Bangui, onde utiliza blindados leves para patrulhar as ruas.             

 

As forças africanas da MISCA congregam mais de 5.000 soldados.               



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados