Página Inicial







Vaticano: Papa pede diálogo para superar crises na Ucrânia e Rep. Centro-Africana
2 de Junho de 2014

O Papa manifestou preocupação com as crises na Ucrânia e na República Centro-Africana.

 

“Com o coração entristecido, rezo pelas vítimas das tensões que ainda continuam a existir em algumas regiões da Ucrânia, bem como na República Centro-Africana. Renovo o meu urgente apelo a todas as partes envolvidas, para que sejam superadas as incompreensões e se busque, com paciência, o diálogo e a pacificação”, declarou Francisco, após a recitação da oração dominical do Regina Caeli.

 

O Papa convidou os milhares de peregrinos reunidos na Praça São Pedro a rezarem com ele à Virgem Maria, “Rainha da Paz”, pedindo a sua “intercessão materna”.

 

Pelo menos 30 pessoas morreram na quarta-feira, 28 de Maio, após um ataque com granadas e armas de fogo contra a igreja de Fátima na capital da República Centro-Africana, Bangui.

 

Na passada semana, a Ucrânia foi palco de violentos combates, no aeroporto internacional de Donetsk, e os confrontos multiplicaram-se no leste do país, entre rebeldes pró-russos e as forças leais a Kiev.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados