Página Inicial







África do Sul: Assassinada uma missionária que trabalhava com órfãos
24 de Junho de 2014

Foi encontrado o corpo da irmã Mary Paule Tacke, da Congregação das Irmãs missionárias do Preciosíssimo Sangue (CPS), conhecidas também como Missionárias de Mariannhill. A religiosa estadunidense de 82 anos havia sido sequestrada durante uma tentativa de assalto, no dia 15 de Junho, na localidade de Mthatha. Os bandidos acabaram por levar o carro com a irmã ainda lá dentro. A polícia sul-africana prendeu dois homens suspeitos de participarem do crime.

 

O carro, acidentado, foi encontrado poucas horas depois nas proximidades de Qokolweni, a 60 quilómetros do local do roubo. Dentro do veículo estavam a carteira com dinheiro da irmã, um telemóvel e uma pistola. O corpo foi encontrado num riacho no vilarejo de Tyara, a 60 km de Mthatha e sem sinais de ferimentos, sendo que as autoridades suspeitam que ela tenha sido estrangulada.

 

Irmã Mary era originária de Cottonwood, em Idaho, e atuava na África do Sul desde a década de 50 do século passado. Fundou o Bethany Place of Safety (um orfanato para crianças abandonadas) em 1955, depois que alguns policiais lhe confiaram alguns órfãos. A seguir, fundou outro orfanato, o Thembelihle Home, para crianças maiores, muitas das quais são seropositivas.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados