Página Inicial







Sudão do Sul: 50 mil crianças podem morrer de fome em 2014
11 de Julho de 2014

O conflito no Sudão do Sul deslocou cerca de 1,5 milhões de pessoas de suas casas. Cerca de 1,1 milhões de pessoas, mais da metade delas crianças, estão vivendo em abrigos improvisados, com acesso limitado ou sem a assistência humanitária. Quatro milhões de pessoas estão enfrentando níveis de emergência da insegurança alimentar e o UNICEF adverte que 50 mil crianças menores de 5 anos são propensos a morrer à fome este ano, a menos que eles recebam tratamento contra a desnutrição aguda grave. Esta crise também afetou severamente o acesso humanitário, bem como os serviços de saúde e de água e saneamento.

 

Atualmente, mais de sete milhões de pessoas (dois terços da população do país) vivem em estado de completa insegurança alimentar. É o que informa a ONG espanhola Acción Contra el Hambre (ACH).



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados