Página Inicial







Vaticano: Papa recorda 70º aniversário do desembarque na Normandia
6 de Junho de 2014

O Papa assinalou com uma mensagem o 70 º aniversário do desembarque na Normandia, o chamado 'Dia D', evocando todos os soldados que morreram em combate.

 

O texto foi enviado através do secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, ao arcebispo de Paris, cardeal Andrè Vingt-Trois, ao bispo de Bayeus-Lisieux, Jean Claude Boulangere, e a todas as pessoas que se reúnem para as comemorações deste acontecimento que marcou uma viragem no rumo da II Guerra Mundial.

 

“O Papa Francisco presta homenagem aos soldados que partiram das suas próprias terras para desembarcarem nas praias da Normandia, com o objetivo de lutar contra a barbárie nazi, libertando assim a França ocupada”, assinala o texto, divulgado pela Conferência Episcopal Francesa.

 

A mensagem recorda também os soldados alemães “envolvidos neste drama” e “todas as vítimas desta guerra”.

 

“É oportuno que as gerações do presente expressem o seu pleno reconhecimento a todos os que fizeram um sacrifício tão forte. É por meio da transmissão da memória e mediante a educação das novas gerações no respeito de todos os homens criados à imagem e semelhança de Deus, que é possível levar em consideração, na esperança, um futuro melhor”, lê-se no texto.

 

O Papa pede que esta comemoração sirva para recordar que “a exclusão de Deus da vida das pessoas e da sociedade provoca mortes e sofrimentos”.

 

“As nações europeias podem encontrar no Evangelho de Cristo, Príncipe da Paz, a raiz da sua história e a fonte de inspiração para estabelecer relações cada vez mais fraternas e solidárias”, conclui.

 

As informações são da «Agência Ecclesia».



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados