Página Inicial







África: Novos esforços contra o terrorismo da Boko Haram
23 de Maio de 2014

Os chefes dos serviços de segurança africana decidiram criar um grupo de trabalho regional para combater a ameaça da seita islamita Boko Haram no nordeste da Nigéria.

 

No termo de uma reunião terça-feira, 20 de Maio, em Ouagadougou, a capital do Burkina Faso, decidiram igualmente enviar de imediato uma equipa de agentes de segurança com vista a participar na busca de mais de 200 meninas sequestradas por Boko Haram no nordeste da Nigéria a 14 de Abril.

 

A reunião dos chefes de serviços de segurança da União Africana (UA), vindos das regiões do Sahel e do Sahara, tomou uma série de medidas que compreende a instauração de uma célula local de informações em Abuja, a capital federal da Nigéria, para coordenar a guerra regional contra a Boko Haram.

 

Além de terem exprimido a sua preocupação relativamente ao agrupamento de alas terroristas no norte do Mali, o encontro lançou igualmente um apelo à UA para desdobrar imediatamente uma estratégia pan-africana contra o extremismo religioso e a radicalização das suas alas por grupos armados.

 

Paralelamente, o Conselho da Paz e Segurança (CPS) da UA deverá iniciar diligências para que o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) declare a Boko Haram um grupo terrorista internacional.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados