Página Inicial







Nigéria: Governo pronto para dialogar com o Boko Haram
14 de Maio de 2014

O governo nigeriano anunciou na terça-feira, 13 de Maio, que está disposto a dialogar com o Boko Haram para obter a libertação das 223 estudantes ainda em poder do grupo radical islâmico, no momento em que a comunidade internacional concentra seus esforços em ajudar nas buscas.

 

"A Nigéria sempre esteve aberta ao diálogo com os insurgentes", declarou o ministro nigeriano de Assuntos Especiais, Taminu Turaki, acrescentando que o governo está "pronto para discutir todas as questões, e a das estudantes sequestradas em Chibok estão entre elas".

 

O líder do grupo islamita havia sugerido a libertação de 100 raparigas em troca da libertação dos militantes da Boko Haran que estão presos na Nigéria. No entanto, o Governo deixou claro que esta possibilidade está descartada.

 

A União Europeia pede libertação imediata e incondicional das mais de 200 alunas raptadas. Num documento divulgado no termo da sua reunião em Bruxelas, os chefes da diplomacia europeia dão o seu apoio ao Governo da Nigéria para proteger os seus cidadãos e combater o terrorismo sob todas as suas formas, «respeitando estritamente os direitos humanos».

 

Defenderam também o fim da impunidade para os autores das violências sexuais em massa e exprimiram o apoio da UE a um projecto de resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas visando a adopção de medidas apropriadas contra a seita político-religiosa Boko Haram.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados