Página Inicial







África: Suspenso Fórum sobre Reconciliação na RCA
23 de Julho de 2014

As negociações de Brazzaville, no Congo, destinadas a encontrar uma solução à crise na República Centro-Africana (RCA) foram suspensas terça-feira, 22 de Julho, anunciou um antigo ministro centro-africano, Jean Willybiro Sako, acusando a ex-coligação Seleka de estar na origem desta situação.

 

 "Os representantes da ex-rebelião Seleka não estão presentes na retomada dos trabalhos do Fórum para a Reconciliação Nacional e Diálogo Político que arrancou nas vésperas na capital congolesa", declarou.

 

 "Desde esta manhã esperamos a ex-coligação Seleka que é a primeira responsável desta crise e não podemos avançar nas negociações sem a sua presença", sublinhou Willybiro Sako.

 

Na ausência da ex-coligação Seleka, os dois principais ateliers de negociações, o da cessação das hostilidades e o do desarmamento dos grupos armados, foram suspensos.

 

Apenas a terceira comissão sobre a continuação do processo político retomou os seus trabalhos à porta fechada.

 

O objetivo do Fórum sobre a Reconciliação Nacional na República Centro-Africana é alinhar um compromisso das partes abrangidas para a cessação de qualquer violência e a assinatura de um acordo de cessação das hostilidades e de desarmamento dos grupos armados, premissas para um novo processo político.

 

Desde 2013, a República Centro-Africana vive uma crise de segurança e humanitária.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados