Página Inicial







Santa Sé: Voz da razão abafada pelo barulho das armas no conflito israelita-palestiniano
24 de Julho de 2014

O Observador Permanente da Santa Sé no Escritório da ONU em Genebra, Dom Silvano Tomasi, afirmou que “a voz da razão parece abafada pelo barulho das armas”, durante Sessão Especial do Conselho da ONU para os Direitos Humanos dedicado ao conflito israelita-palestiniano.

 

D. Silvano Tomasi indicou que a comunidade internacional tem de envolver-se “a sério” na resolução do conflito entre Israel e a Palestina e impedir que a solução seja a “aniquilação do outro”.

 

Dom Tomasi reiterou que “a violência não levará a nenhum lugar, nem agora, nem no futuro. A perpetração de injustiças e a violação dos direitos humanos, em particular o direito à vida e a viver em paz e segurança – prosseguiu – semeiam sementes frescas de ódio e de ressentimento.

 

O Observador Permanente da Santa Sé no Escritório da ONU em Genebra citou um discurso do Papa Francisco em Belém na sua peregrinação à Terra Santa: “Pelo bem de todos – havia dito o Pontífice – existe a necessidade de intensificar os esforços e as iniciativas voltadas a criar as condições de uma paz estável, baseada na justiça, no reconhecimento dos direitos de cada um e na recíproca segurança. É chegado o momento para todos, de ter a coragem da generosidade e da criatividade à serviço do bem, a coragem da paz, apoiada no reconhecimento por parte de todos do direito de dois Estados, a existir e a gozar de paz e segurança dentro das fronteiras internacionalmente reconhecidas”.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados