Página Inicial







Rep Centro-Africana: Risco de retorno à guerra civil
1 de Outubro de 2015

Uma especialista das Nações Unidas disse na quarta-feira, 30 de Setembro, ao Conselho de Direitos Humanos que há uma “possibilidade real de retorno à guerra civil” na República Centro-Africana.

 

Falando numa sessão do órgão, a relatora sobre a situação dos direitos humanos no país, Therese Boucoum, considerou os próximos três meses “cruciais para o futuro da República Centro-Africana” diante da crescente onda de violência.

 

De acordo com a ONU, mais de 30 pessoas morreram em distúrbios que se agravaram após a morte de um jovem taxista muçulmano na capital Bangui no sábado.

 

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur), a Organização Internacional para Migrações (OIM) e seus parceiros disseram que apoiam a pelo menos 27,4 mil deslocados.

 

Boucoum considerou essencial a realização das eleições para o regresso do país à ordem constitucional após anos de violência devido aos “grupos armados que ameaçam a paz”. A votação está agendada para outubro.

 

A relatora declarou que a fuga de presos ameaça a situação já frágil. Na segunda-feira, cerca de 500 detidos evadiram-se de uma cadeia de Bangui. Agências de notícias informaram que outros 60 presos escaparam de uma prisão da cidade de Bouar, a oeste.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados