Página Inicial







Mundo: 32 mil pessoas mortas em ataques terroristas
18 de Novembro de 2015

O Índice do Terrorismo Global 2015, divulgado a 17 de novembro, indica que 32 mil pessoas foram mortas em ataques terroristas em 2014. Um aumento de 80 por cento em relação às 18 mil vítimas de 2013.

As estatísticas:

 

- 32.658 pessoas mortas em ataques terroristas em 2014. O maior número de sempre.

Boko Haram e ISIL juntos são responsáveis por metade das mortes.

- Boko Haram ultrapassou o ISIL como grupo terrorista mais mortal do mundo.

- O número de países que contabilizaram mais de 500 mortes aumentou 120 por cento, para 11 países.

- 78 por cento das mortes e 57 por cento dos ataques ocorreram em apenas 5 países: Afeganistão, Iraque, Nigéria, Paquistão e Síria.

- O Iraque continua a ser o país onde mais pessoas morrem em ataques terroristas: 9.929 vítimas mortais, um recorde de mortes em um mesmo país.

- A Nigéria foi o país onde a atividade terrorista mais cresceu entre 2013 e 2014: um aumento de 300 por cento no número de mortos em ataques terroristas (7.512 vítimas).

 

O terrorismo é uma causa significativa dos fluxos migratórios, com os países que mais refugiados e deslocados internos geram a serem também os que mais mortes por terrorismo registam. No início de 2015, segundo o documento, havia quase 60 milhões de pessoas deslocadas que fugiram da violência, o número mais alto desde a II Guerra Mundial.

O Índice do Terrorismo Global 2015 é realizado pelo Instituto para a Economia e Paz (IEP), de Sydney.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados