Página Inicial







Vaticano: Papa associa-se à tristeza dos malianos após atentado
23 de Novembro de 2015

Em nome do Papa Francisco, o Secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Parolin, dirigiu no sábado 21 de Novembro uma mensagem a D. Jean Zerbo, arcebispo de Bamako, na sequência do atentado terrorista no Hotel Radisson Blu da capital maliana ocorrido na sexta-feira. O ataque deixou 21 mortos, entre eles dois alegados terroristas e vários estrangeiros (norte-americanos, russos, chineses, belgas e senegaleses).

 

Tomando conhecimento do trágico atentado ocorrido em Bamako – lê-se no telegrama – o Papa Francisco associa-se, através da oração, à dor das famílias enlutadas e à tristeza dos malianos. Ele confia todas as vítimas à misericórdia de Deus, pedindo-Lhe para os acolher na sua luz. O Papa exprime ainda a sua profunda simpatia em relação aos feridos e seus familiares, rogando ao Senhor para que lhes dê conforto e consolo nesta provação. Consternado com esta violência cega, que condena firmemente, o Papa invoca abundantes bênçãos divinas sobre todas as pessoas tocadas por este drama.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados