Página Inicial







Vaticano: Patriarca sírio lembra situação catastrófica dos cristãos no Médio Oriente
9 de Outubro de 2015

O Patriarca de Antioquia dos Sírios, Dom Ignatius Youssif III Younan, denunciou a perseguição aos cristãos no Médio Oriente, citando o “inferno em que vivem na Síria e no Iraque”

 

O responsável falava na conferência de imprensa de acompanhamento do Sínodo dos Bispos sobre a família, que decorre até 25 de outubro, e lançou um apelo para que “o Ocidente não esqueça os cristãos do Oriente Médio”.

 

“Estamos realmente preocupados e alarmados com a situação das comunidades cristãs no Médio Oriente e, sobretudo, com as provações catastróficas a que as famílias são submetidas, divididas porque fazem de tudo para sair do inferno em que vivem na Síria e no Iraque”, disse o patriarca sírio.

 

“Deploramos o facto de não conseguirmos convencer as novas gerações a permanecer onde o cristianismo teve suas origens. Temos centenas de pessoas reféns dos terroristas islâmicos, é um fenômeno catastrófico de longa duração”, acrescentou em seu apelo dramático.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados