Página Inicial







Moçambique: Documentário sobre as violações da extração mineira
6 de Junho de 2016

O vídeo-documentário “Somos Carvão?”, acessível online, é sobre as violações dos direitos humanos causadas pela Vale, empresa brasileira de extração mineira, e os impactos do Projecto ProSavana, na região norte de Moçambique. O vídeo denuncia as injustiças sociais e ambientais provocadas pelo avanço dos megaprojectos ao longo do denominado “Corredor de Nacala. O vídeo-documentário “Somos Carvão?” revela-nos as profundas transformações e os constrangimentos que estão a afetar a vida das pessoas e das comunidades de toda esta região moçambicana.

 

“Somos Carvão?” surge num contexto em que o “Corredor de Nacala” se tornou em epicentro de investimentos mineiros e de agronegócios, devido às boas condições agro-ecológicas da região, às suas capacidades e facilidades logísticas, e à sua localização estratégica, particularmente favorável para o escoamento das mercadorias.

 

“O documentário 'Somos Carvão?' mostra a realidade das comunidades sediadas ao longo do Corredor de Nacala que, com os avanços dos megaprojectos, são obrigadas a sacrificar os seus locais de origem, a abdicar dos seus modos de vida e, sobretudo, forçadas a viver na hipocrisia de um dia poder ter casas melhoradas e de ver aumentar o seu rendimento familiar. Portanto, neste documentário, procuramos, por um lado, trazer casos concretos que ilustram os graves atropelos aos procedimentos legais por parte da multinacional Vale, desde o início das suas operações, e uma gama de injustiças socais, nomeadamente: os casos de usurpação de terras, indemnizações injustas, perca de habites, entre outras injustiças, e, por outro lado, procuramos tornar visível o sentimento das comunidades camponesas, face ao avanço do programa ProSavana, isto é, dos seus vícios de conceção e dos seus impactos negativos”, disse o coordenador executivo da Ação Académica para o Desenvolvimento das Comunidades Rurais (ADECRU), Agostinho Bento.

 

O documentário foi produzido pela Ação Académica para o Desenvolvimento das Comunidades Rurais (ADECRU) em parceira com a Justiça Global e JA! Justiça Ambiental, o Instituto Políticas Alternativas para Cone Sul (PACS), a Associação de Apoio e Assistência Jurídica às Comunidades (AAAJC), Justiça nos Trilhos, e o Couro de Rato.

 

Vídeo



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados